Home > Coaching > Coach desenvolve metodologia para potencializar o desempenho dos profissionais

Coach desenvolve metodologia para potencializar o desempenho dos profissionais

Coachee aprende a ter mais autonomia para realizar seu trabalho com melhores resultados

© Depositphotos.com / SergeyNivens Metodologia auxilia profissional a eliminar as barreiras da produtividade.

Além de se reinventar continuamente para gerar resultados cada vez mais satisfatórios, os profissionais precisam estar sempre atentos às mudanças sofridas pelo mercado. As novas relações de trabalho têm exigido um melhor preparo das pessoas, de forma que elas possam executar suas tarefas com autonomia.

Essa habilidade ganhou importância por conta da grande quantidade de pessoas que vem adotando o trabalho remoto. Afinal de contas, sem um bom autogerenciamento, o profissional não consegue executar suas tarefas longe dos demais membros da equipe e das dependências da empresa.

Para se ter uma ideia da necessidade que as empresas têm em contratar profissionais autogerenciáveis, a SOBRATT (Sociedade Brasileira de Teletrabalho e Teleatividades), revelou que 68% das organizações já adotam alguma modalidade de teletrabalho, ou seja, trabalho remoto. A pesquisa Home Office Brasil, edição 2016, foi feita com 325 empresas de diferentes segmentos e portes, de várias regiões do país.

Para ajudar os profissionais a atenderem a esta necessidade, a Infinita Engenharia do Potencial Humano oferece uma nova metodologia, o Coaching Comportamental Evolutivo. Criado pelo Master Coach Edson de Paula, o treinamento é baseado na metodologia CRER (Conscientização, Responsabilização, Evolução e Resultados sustentáveis) que, quando incorporada ao processo do profissional, faz com que ele tenha um aprendizado mais claro de si mesmo.

Alinhamento entre profissional e mercado

O Coaching Comportamental Evolutivo é sustentado por diversas áreas do desenvolvimento e excelência humana. Entre elas, estão Psicologia Positiva, Programação Neolinguística, Psicologia Transpessoal, Neurociências, Física Quântica, Condicionamento Neuroassociativo, Teoria Sistêmica e Comunicação Transformacional.

Segundo a diretora da Infinita Engenharia do Potencial Humano, Carla Beck, as relações de trabalho que estão se estabelecendo com os avanços tecnológicos requerem muito preparo do profissional para que ele não se perca em excessos, tanto extrapolar no trabalho quanto na ausência dele, devido às comodidades da ausência do ambiente corporativo.

“Para saber lidar com a autonomia de seu desempenho profissional quando se encontra em situação de home office ou similares, o indivíduo deve ter em mente que é responsável por tudo o que tange seu desenvolvimento e, com isso, saber gerenciar suas ações e metas de forma consciente”, comenta.

A metodologia do Coaching Comportamental Evolutivo ajuda o profissional a ter uma visibilidade maior dos diversos cenários em que está inserido, dos recursos que possui e, assim, conseguir estabelecer o que necessita para realizar a ação, trabalhando sua evolução e atingindo resultados sustentáveis.

Dessa forma, o treinamento desperta no indivíduo a responsabilidade de determinar seus objetivos e de traçar métodos para atingi-los, a partir de sua consciência e das estruturas que possui para realizar suas atividades. “O profissional passa a se responsabilizar pelas decisões que toma e passa a buscar melhores ações para superar seus limitadores internos”, diz Carla Beck.

A diretora da Infinita Engenharia do Potencial Humano prevê que treinamento se torne o ponto de partida para o profissional desenvolver seu autoconhecimento e replicar os conhecimentos nas diversas esferas de sua vida. “O indivíduo para de apelar para o método de tentativa e erro e passa a eliminar aquilo que o impede de atingir suas metas”, finaliza.

Matérias Relacionadas