Home > Dicas > Dicas de como manter a postura profissional ao trabalhar com o melhor amigo

Dicas de como manter a postura profissional ao trabalhar com o melhor amigo

Ter amizades no trabalho é sempre bom, mas o profissionalismo precisa falar mais alto

© Depositphotos.com / opolja Quando se trabalha ao lado de um grande amigo, é preciso colocar a ética nessa relação.

Diz um provérbio que quem tem um amigo tem um tesouro. E é verdade. Parece que esta pessoa lhe conhece até mais do que você mesmo, as conversas fluem, sempre tem um ombro para oferecer e uma lição para dar. Mas como lidar com essa amizade no ambiente de trabalho? Como administrar amizade e profissionalismo no mesmo espaço?

Trabalhar com o amigo é muito bacana. O ambiente parece que tem sempre uma pitada de animação e nos momentos mais estressantes sempre tem alguém para lhe ajudar a colocar os ânimos nos eixos. Mas se não houver um comportamento ético, os maus hábitos podem fazer a carreira tropeçar.

O Brit + Co, portal de notícias voltado para o universo feminino, escreve periodicamente para o site Levo e abordou este assunto. “Ter amizades no trabalho é saudável, mas tenha em mente que elas podem ser facilmente percebidas como uma panelinha. Ser demasiado dependente dos amigos pessoais e perder a construção de relacionamentos com outras pessoas na empresa pode bloquear o seu progresso”, lembra a CEO do portal.

Veja as dicas que a coluna divulgou de como lidar profissionalmente com as amizades no ambiente de trabalho:

Saiba separar as coisas

Você pode ser tentado a usar seu endereço de e-mail de trabalho profissional para compartilhar detalhes pessoais ou planejar um happy hour – especialmente quando você e seu melhor amigo estão trocando e-mails sobre um projeto. Proteja-se e mantenha os assuntos separados. Você não sabe quem tem acesso aos seus e-mails, por isso, mesmo que pareça bobagem, enviar em contas de e-mails diferentes uma pergunta de trabalho e sua louca noite de sexta-feira garante que ninguém mais está lendo sobre seus momentos embaraçosos ou críticas ao chefe. E sim, as empresas acessam os e-mails dos funcionários mais do que você pensa.

Mantenha queixas e opiniões pessoais longe do escritório

Uma pequena fofoca não pode machucar ninguém, certo? Errado! A fofoca pode destruir carreiras. Se você precisa desabafar sobre o seu trabalho, faça isso de maneira offline (evite os e-mails pessoais também) e muito longe do escritório (isso quer dizer longe de chats da empresa e no papo do café. Fofocar é um mau hábito para alimentar com seu melhor amigo do trabalho, então tente falar sobre quaisquer preocupações ou aborrecimentos com um amigo que não seja um colega de trabalho.

Não exagere na sua relação de amizade durante as horas de trabalho

Os melhores amigos no trabalho são muito legais, mas são também distração. Se você conversar via e-mail, Skype, Messenger e Inbox no Facebook durante todo o dia, vai ser um problema – mesmo se algumas dessas trocas de informações sejam sobre trabalho. Quando você está no escritório, o trabalho sempre precisa ser prioridade número um, e essa postura deve transparecer para o seu chefe. Sendo assim, reduza os papinhos com o melhor amigo durante o dia, tanto on-line como off.

Expanda seu círculo interno

Você precisa ter mais de um confidente ou aliado no trabalho, então faça um esforço consciente para construir relacionamentos com outras pessoas no escritório. Tome um café com o novo gerente ou chame a menina de marketing que acabou de ser promovida para almoçar com você. Quanto mais pessoas estiverem próximas, mais oportunidades você descobrirá.

Esforce-se para manter sua amizade fora da competição

Seu melhor amigo também pode ser a sua concorrência. Vocês podem estar competindo para ganhar os mesmos projetos ou promoções, o que criaria tensão em qualquer relacionamento feliz. Logo, não deixe sua amizade arranhar se seu melhor amigo conseguir uma promoção e você não. Se você sabe que não será capaz de ajudá-lo e que o oposto também acontece, pense em como pode ser ruim trabalhar com seu melhor amigo.

Antecipe e amenize a ansiedade da separação

Chegará o dia em que um de vocês vai dizer: “Estou fora”, deixando o outro amigo sozinho, nervoso e triste. Esteja preparado para não adotar apenas uma pessoa como fonte de apoio e entretenimento.

Matérias Relacionadas