Home > Dicas > Diretor executivo dá dicas essenciais para uma sociedade entre amigos dar certo

Diretor executivo dá dicas essenciais para uma sociedade entre amigos dar certo

iStock / Getty Images Plus / UberImages Abrir uma sociedade entre amigos demanda alguns cuidados para que os desacordos não acabem com a amizade.

Abrir uma empresa entre amigos é um investimento muito controverso e até polêmico. Se, por um lado, há as vantagens de ter uma sociedade com pessoas que já são de sua confiança e se dão bem com você, também existe a possibilidade de o empreendimento acabar perdendo o profissionalismo e corre-se o risco de a amizade acabar prejudicada de maneira irreversível.

Assim como acontece em uma empresa familiar, em que é necessário ficar atento para possíveis conflitos e falta de disciplina, ter uma sociedade entre amigos demanda alguns cuidados para que os desentendimentos não se tornem grandes brigas e para que os desafios não acabem estragando a amizade.

Para facilitar a jornada de quem deseja fazer uma sociedade entre amigos dar certo, José Claudio Britto, diretor executivo da empresa ADV Tecnologia, listou quatro pontos que devem ser levados em consideração na hora de construir essa empresa. Confira:

Dicas para abrir uma sociedade entre amigos

Priorize o respeito

Uma relação respeitosa é importante para todas as áreas da vida e, justamente por isso, é uma das questões centrais em uma sociedade entre amigos — que inclui tanto o âmbito pessoal como o profissional dos indivíduos envolvidos. Para Britto, agir com respeito é praticamente uma regra entre as relações: “Respeitar o espaço, limites e visões do outro é fundamental para alcançar os objetivos da empresa”, aponta ele.

Tenha cuidado com o ego

Para o diretor executivo da ADV Tecnologia, é fundamental que os sócios tenham sempre em mente que uma sociedade entre amigos implica na construção de um sonho idealizado em conjunto. Por isso, nenhuma das partes deve acreditar que suas ideias e decisões são sempre as melhores e mais adequadas. O ideal é que os sócios sejam transparentes, sem perder o caráter e evitando que o ego seja maior do que o respeito ao próximo.

Saiba a importância do feedback

Uma das principais vantagens de abrir uma empresa junto com outra pessoa está na possibilidade de ter duas cabeças pensando nas soluções para um mesmo problema. Para que isso funcione, porém, é essencial que um saiba ouvir o outro — o que inclui saber dar e como receber bem um feedback a respeito de seu próprio desempenho no projeto.

Faça reuniões

Britto destaca que todas as dicas anteriores dependem dessa, já que as reuniões são necessárias para alinhar objetivos e estratégias entre os sócios. O ideal é que esses encontros ocorram antes mesmo da sociedade ser formalmente estabelecida, já que permitem uma avaliação dos princípios que regerão a empresa.

“Serão nessas conversas, por exemplo, que você vai poder enxergar se há muitas divergências entre você e seu amigo. Acredito que, quando há muita diferença, o melhor caminho é não dar início a uma sociedade”, aponta o especialista.

Matérias Relacionadas