Home > Dicas > E-mail de despedida do trabalho: por que e como escrevê-lo?

E-mail de despedida do trabalho: por que e como escrevê-lo?

fizkes / iStock / Getty Images Plus O e-mail de despedida serve para cultivar boas relações e manter seus contatos profissionais livre de conflitos.

Não importa se você está saindo de um trabalho exatamente da maneira que queria, se está saindo porque encontrou uma oportunidade melhor ou se acabou sendo demitido por alguma circunstância: é preciso encarar o fim desta etapa da sua vida com maturidade e cabeça erguida. E, por incrível que pareça, esse tipo de maturidade profissional implica em escrever um e-mail de despedida do trabalho.

Talvez pareça desnecessário ou pessoal demais, mas acredite: lidar bem com uma demissão pode ser importantíssimo no futuro. Em algumas áreas, são muito grandes as chances de encontrar novamente um antigo chefe ou os ex-colegas. Já imaginou, por exemplo, se a nova empresa em que você trabalhar realizar um evento no qual o pessoal do antigo trabalho aparece? Se você se despediu de maneira tensa, pode ser criada uma saia justa desnecessária.

Além disso, é preciso ter em mente que para acelerar a recolocação profissional você pode depender de recomendações profissionais, e você certamente não teria tanta coragem de pedir por uma recomendação para um chefe que nem mesmo recebeu um “tchau, obrigado”. Há, ainda, a possibilidade de você precisar voltar ao emprego anterior ou acabar reencontrando um antigo colega de trabalho em uma empresa diferente. Por isso, deixar as portas abertas é sempre o ideal.

Em resumo, o motivo de escrever e enviar um e-mail de despedida do trabalho é deixar claro que sua relação com aquelas pessoas não precisa ficar abalada — seja pela demissão em si ou por qualquer desentendimento que possa ter acontecido ao longo de sua trajetória na empresa. Este e-mail serve para cultivar boas relações e manter seus contatos profissionais livre de conflitos.

Como escrever um e-mail de despedida do trabalho?

O estilo do texto vai depender muito do local de trabalho e da segmentação interna. Se o ambiente de trabalho for descontraído, por exemplo, não há motivos para ser extremamente formal nesse momento. Nesses casos, você tem liberdade para falar da maneira que achar mais apropriada — utilizando até humor, se quiser. A situação é diferente em locais mais formais, que exigiriam um e-mail sério e que se restringe ao necessário.

Também é importante analisar para quem a mensagem será enviada. Se a empresa for grande, talvez não seja preciso que todos vejam a sua despedida, além dos colegas próximos e seus superiores diretos. Se for menor, entretanto, você pode tentar fazer um único e-mail que abranja sua relação com a maioria das pessoas. Dependendo de como os funcionários se dividem lá dentro, pode ser melhor fazer e-mails separados, inclusive para garantir que todos recebam a mensagem corretamente.

Dicas para escrever e-mail de despedida do trabalho

  • Sempre agradeça pela oportunidade oferecida e pela experiência adquirida;
  • Não coloque nada pessoal demais;
  • Não “lave roupa suja” e nem se dirija negativamente a qualquer um;
  • Se mencionar o novo emprego, cuidado para não enaltecê-lo a ponto de parecer que o emprego antigo era ruim;
  • Passe seus novos contatos, se desejar;
  • Seja objetivo, pois enrolação causa péssima impressão.

Matérias Relacionadas