Home > Dicas > Rede de relacionamento profissional: a importância do networking

Rede de relacionamento profissional: a importância do networking

iStock / Getty Images Plus / SARINYAPINNGAM O networking é fundamental para estabelecer parcerias profissionais, conseguir indicações de trabalho e dar força às informações que circulam em determinado segmento.

Construir uma rede de relacionamentos é essencial para profissionais de todas as áreas, uma vez que é justamente por meio desses contatos que o indivíduo estabelece parcerias, troca ideias, fica sabendo das novidades do mercado e é indicado para vagas de emprego e promoções. Fazer networking, portanto, vai muito além de conhecer pessoas: trata-se de estabelecer relações dentro do mercado de trabalho.

Qual a importância do networking?

O networking é essencial porque confere maior credibilidade e força às informações que circulam em determinado segmento, além de garantir maiores chances de que o profissional descubra novidades sobre sua área de atuação e boas recolocações no mercado de trabalho. Neste contexto, vale ter em mente que — por mais que ter um bom currículo seja importante — contar com alguém que possa fazer uma indicação aumenta bastante suas chances de conquistar determinada vaga de emprego.

Quem já está empregado também deve se preocupar em manter o networking, seja com os colegas de trabalho ou em eventos relevantes de seu segmento de atuação. Dessa forma, um profissional pode ajudar o outro ao longo de sua jornada — e o ideal é que esse relacionamento continue mesmo quando você muda de emprego.

Como fazer sua rede de relacionamento profissional?

Para fazer sua rede de relacionamento profissional, é preciso levar em conta alguns aspectos. São eles:

Separe os contatos profissionais dos pessoais

O ideal é diferenciar seus contatos profissionais de sua rede de amigos. Se possível, mantenha contato com essas pessoas de forma separada: por meio se um número de WhatsApp destinado exclusivamente a negócio ou com ajuda do LinkedIn, por exemplo.

Não rotule

Embora a seletividade seja importante, e o ideal seja você se relacionar com pessoas de bem e que possam contribuir de alguma maneira para seu crescimento profissional, você não deve se importar tanto com níveis profissionais e posições hierárquicas. Tenha em mente que o mercado está em constante mudança, e que todos podem colaborar de alguma maneira para que isso aconteça.

Priorize a qualidade

Prefira sempre a qualidade em vez da quantidade. Isso significa que você pode ter uma rede de relacionamento profissional pequena, mas que funciona bem para seu segmento e para seus objetivos. O principal é que essas pessoas consigam contribuir para seu crescimento profissional de alguma maneira.

Esteja presente

Fazer cursos e participar de eventos do setor é essencial para quem quer fazer networking. Você precisa dar as caras e se apresentar. Há casos em que é você quem irá fazer parte da rede de contatos de alguém e ajudar essa pessoa.

Tenha objetivos bem definidos

Como foi dito anteriormente, quantidade aqui não é relevante: você precisa saber porque está fazendo networking, de modo a estabelecer contatos de qualidade para seus objetivos profissionais. Seu objetivo é conseguir um novo emprego? Subir de cargo na empresa em que está? Empreender e dar início ao próprio negócio? Conheça pessoas e estabeleça contato que estejam diretamente ligados ao seu principal objetivo e metas.

Veja mais dicas de como fazer um networking eficiente neste post.

Matérias Relacionadas