Home > Desenvolvimento Humano > Saiba como identificar e lidar com o estresse emocional no trabalho

Saiba como identificar e lidar com o estresse emocional no trabalho

© Depositphotos.com / deagreez1 O estresse organizacional é uma consequência de vários fatores, que podem estar associados ao âmbito profissional e pessoal.

O estresse emocional no trabalho, também chamado de estresse organizacional, é uma consequência de vários fatores: pressão para o cumprimento de prazos e metas, excesso de tarefas, ambientes insalubres, relações profissionais conflituosas, insegurança quanto à permanência no emprego, ausência de incentivos e benefícios, entre muitos outros problemas que podem estar inclusive associados a questões pessoais. Lidar com todas essas questões, com o passar do tempo, leva ao desenvolvimento do estresse emocional e de muitas outras doenças que podem surgir devido ao enfraquecimento do sistema imunológico, à quantidade de emoções represadas e ao constante sofrimento psicológico do profissional.

13 sinais do estresse emocional no trabalho

  • Redução da produtividade;
  • Perda de concentração;
  • Mau humor e irritabilidade;
  • Desmotivação e desânimo;
  • Cansaço permanente;
  • Tristeza e angústia;
  • Isolamento social;
  • Alterações do sono;
  • Problemas intestinais;
  • Dores de cabeça e no corpo;
  • Ganho ou perda de peso;
  • Alergias e surgimento de manchas na pele;
  • Queda de cabelo.

5 dicas para enfrentar o estresse emocional no trabalho

A melhor forma de lidar com o estresse emocional no trabalho é por meio da prevenção. Para que isso seja possível, é necessário reconhecer os fatores de risco e aprender a lidar com eles. Também é fundamental estar sempre atento aos sintomas listados acima, procurando ajuda médica e psicológica assim que identificar os primeiros sinais e estresse emocional no trabalho. Confira outras dicas de como enfrentar este problema e ter uma vida profissional mais saudável:

Analise sua vida profissional

O trabalho em que você está atualmente satisfaz suas necessidades básicas? As atividades proporcionam realização pessoal? A empresa oferece condições para que você desenvolva sua carreira? O ambiente é saudável? A convivência com os colegas de trabalho é boa? Você tem medo de perder o emprego? Você trabalha sob pressão? Há assédio moral? Faça todas essas perguntas a si mesmo e entenda como você se sente em relação ao seu trabalho. A conscientização sobre a vida profissional ajuda a compreender as forças externas que podem desencadear o estresse emocional. Não deixe a situação ficar insustentável, e sempre considere outras oportunidades para revitalizar sua trajetória profissional.

Respeite seus limites

Será que você, sem perceber, não está se tornando um workaholic? A sobrecarga de trabalho é inevitável em alguns momentos. Porém, quando isso se torna uma constante na vida profissional, é importante identificar as causas desta situação e encontrar soluções para manter uma jornada de trabalho equilibrada. Respeitar os limites do seu corpo e da sua mente é uma maneira muito eficiente de evitar o estresse emocional.

Invista em lazer e descanso

O trabalho é necessário, mas não é tudo na vida. Intervalos para refeições e descanso da mente são igualmente importantes, assim como aproveitar o fim de semana para relaxar e fazer atividades prazerosas. As férias também devem ser sagradas, especialmente para quem passou 12 meses trabalhando intensamente. Tudo isso ajuda a combater o estresse emocional no trabalho.

Cultive uma vida saudável

Para ter uma vida equilibrada e saudável, é essencial cuidar da alimentação e praticar atividades esportivas. Caso contrário, o organismo não terá a energia necessária para executar as tarefas do dia a dia sem sofrer um profundo desgaste. Fazer exercícios físicos regularmente é uma ótima medida para combater o estresse do cotidiano.

Faça um check-up médico regularmente

O estresse emocional pode causar graves prejuízos ao organismo, pois desequilibra o metabolismo, afeta o estado psíquico do profissional e faz mal ao coração. Negligenciar o estresse emocional, portanto, é uma péssima escolha. Não hesite em buscar ajuda médica para cuidar melhor da saúde!

Matérias Relacionadas