Home > Economia e Finanças > Confira as perspectivas de salário para algumas áreas profissionais

Confira as perspectivas de salário para algumas áreas profissionais

Inglês fluente e perfil dinâmico são duas das muitas habilidades exigidas para o profissional brasileiro que deseja ganhar mais em 2016. Na média geral, as perspectivas são boas

iStockphoto.com / Arsgera Pela pesquisa, 54% dos profissionais desejam obter um salário maior em 2016.

Muita gente se pergunta como será o ano de 2016 para a economia brasileira. Será melhor que 2015? A atual crise econômica e política que se instaurou no Brasil provocou uma onda de demissões ao longo do ano que se encerra, principalmente em setores como serviços e indústria pesada. Outro detalhe é que em alguns casos, onde não houve demissão, salários não foram aumentados e muitos homens e mulheres acabaram se frustrando pela falta de melhores oportunidades.

Em 2016, segundo o Guia Salarial da Robert Half, as empresas irão buscar profissionais inovadores e que consigam alcançar resultados em situações não tão confortáveis. “Para 2016, a tendência é de que as empresas sigam os ajustes e sejam cada vez mais exigentes nas contratações. Ainda não haverá um movimento significativo de expansão de posições e os salários tendem a ficar estáticos”, apontou o diretor de operações brasileiras da Robert Half, Fernando Mantovani.

A pesquisa apontou que devido ao momento de estagnação da economia, 87% dos brasileiros tem a intenção de mudar de emprego em 2016. Dentre este grupo, 60% procuram oportunidades para alavancar a carreira e 54% desejam obter um salário maior. Além disso, 43% dos entrevistados irão procurar vagas que permitam maior flexibilidade de horário/home office. Localização com 38% e ambiente de trabalho com 34% aparecem na sequência entre os desejos dos trabalhadores. Interessante é que a busca por melhores benefícios e bônus aparece apenas em 18% das opiniões. Ao todo foram ouvidos 500 profissionais, homens e mulheres, de diferentes regiões e faixas etárias.

Panorama nacional: quais são as perspectivas de salário para algumas áreas profissionais?

Quer saber se a área na qual atua terá valorização do salário de 2015 para 2016? Confira a seguir as perspectivas de salário para diferentes áreas profissionais.

Engenharia: a previsão de aumento salarial é de 13,3% para o cargo de engenheiro que atue em aplicação/vendas em empresas grandes. Expectativa é de variação entre R$ 7,5 mil e R$ 18 mil. Oportunidades irão focar profissionais com inglês fluente, habilidade de relacionamento com outras áreas, boa comunicação e que possuam certificações como Seis Sigma, APICS, FEL, PMI, Manufatura Enxuta e Segurança do Trabalho.

Finanças e Contabilidade: expectativa é de incremento salarial na casa dos 11% em 2016, variando entre R$ 3,5 e R$ 5,5 mil. Oportunidades em empresas de pequeno e médio porte irão valorizar gerentes financeiros, analistas de controladoria, Controller, analista de tesouraria, analista fiscal e contábil e também profissionais de auditoria. Inglês fluente, perspicácia empresarial e comercial e profundo conhecimento técnico são habilidades essenciais.

Recursos Humanos: em 2016 a perspectiva de crescimento salarial para profissionais de recursos humanos é de 10,6%, variando entre R$ 20 e R$ 32 mil. Empresas de pequeno e médio porte irão ao mercado para contratar business partner, coordenador generalista e gerente generalista. Candidatos com inglês fluente, estabilidade no currículo e visão de negócio saem na frente.

Vendas e Marketing: segundo levantamento da Robert Half, o salário para profissionais de vendas e marketing deve aumentar 16,7% no que vem. Expectativa é que o mercado pague entre R$ 25 e R$ 80 mil para gerentes gerais, diretores comerciais, gerente de vendas, executivo de vendas (trader) e key account. Perfil hands-on, atitude empreendedora, inglês fluente e perfil consultivo são habilidades exigidas.

Mercado Jurídico: nas áreas tributárias, de recuperação judicial e societário, cível, de contratos e trabalhistas, a previsão de aumento de salarial em 2016 é 11,1%, variando entre R$ 6 e R$ 9 mil. Candidatos deverão apresentar um perfil comercial de boa comunicação, atitude empreendedora e inglês fluente.

Tecnologia: gerente de tecnologia, analista de negócios, consultor funcional ERP e analista de infraestrutura são alguns profissionais na mira das empresas para 2016. A perspectiva de salário é que haverá aumento de 8,3%, variando entre R$ 14 e R$ 25 mil, isto em empresas de grande porte. As habilidades procuradas são: inglês fluente, bom relacionamento interpessoal, bacharelado em ciências da computação e tecnologia, certificações em linguagens de programação e perfil mais interativo.

Mercado financeiro: empresas de grande porte têm a perspectiva de aumentar em 21% o salário para cargos de analistas de compliance, controles internos, auditoria, riscos e finanças. Expectativa é que a variação seja entre R$ 5 e R$ 14 mil. Candidatos devem apresentar inglês fluente, visão de dono, vivência internacional e formação em faculdade de primeira linha.

Seguros: com expectativa de 12% de aumento salarial (variação ente R$ 6 e R$ 8 mil), as empresas irão ao mercado procurar analistas de resseguros, especialistas em crédito, Controller, executivos comerciais, ouvidores e gerentes de e-commerce. Habilidades valorizadas pelo mercado: inglês fluente, atuação comprovada na gestão de equipes, formação de primeira linha, experiência em reestruturação de processos e perfil hands-on.

Matérias Relacionadas