Home > Economia e Finanças > Salário injusto prejudica o coração, aponta pesquisa alemã

Salário injusto prejudica o coração, aponta pesquisa alemã

Trabalhador que não recebe o que considera adequado pode deteriorar sua doença a longo prazo

© Depositphotos.com / Jeanette.Dietl Não ser remunerado de maneira justa pode causar problemas de saúde.

De que forma as práticas consideradas injustas podem impactar a saúde das pessoas? Se uma delas for um salário baixo, saiba que o resultado pode atrapalhar a atividade cardíaca. Essa foi a conclusão de um estudo interdisciplinar da Universidade de Bonn, na Alemanha, desenvolvida por médicos e economistas do Instituto de Comportamento e Desigualdade (Briq).

Para chegar à conclusão de que salários injustos deterioram a saúde a longo prazo, os pesquisadores se basearam em dados econômicos e fizeram um laboratório com 80 alunos. Estes foram divididos em duas equipes: trabalhadores e chefes.

Durante o teste, os trabalhadores tiveram cerca de 25 minutos para concluir tarefas básicas de computação, enquanto os chefes puderam descansar. A equipe ganhava dinheiro à medida que realizava corretamente cada tarefa. Ao final do teste, trabalhadores e chefes dividiram os lucros, porém os trabalhadores ficaram com a menor parte.

Esse desfecho – ganhar menos do que se acha justo – causou estresse no grupo dos trabalhadores, sentimento que foi medido por meio da frequência cardíaca, indicando o risco elevado de doenças cardíacas.

Matérias Relacionadas