Home > Empreendedorismo > Saiba quais os principais erros cometidos por um empreendedor em seu primeiro ano de empresa

Saiba quais os principais erros cometidos por um empreendedor em seu primeiro ano de empresa

Para evitar possíveis erros ao empreender, é preciso antes de qualquer coisa fazer um bom plano de negócio.

De acordo com o levantamento feito pelo Serasa Experian em 2017, surgiram mais de 900 mil novos empreendedores no País, um aumento de 10,5% em relação a 2016. Esse aumento se deve especialmente à crise econômica que tem afetado o Brasil nos últimos anos, levando o desemprego a prejudicar muitos profissionais. Nesse contexto, para evitar maiores prejuízos, muitas pessoas decidiram abrir suas próprias empresas.

Embora esta seja uma excelente solução, que contribui inclusive para a recuperação do País, abrir uma empresa requer muito cuidado e planejamento. Por conta da falta de experiência ou pouca capacitação, é comum que os novos empreendedores cometam alguns erros básicos em seu primeiro ano de empresa. Para que isso não aconteça, separamos os principais equívocos cometidos por esses empreendedores no início desse nova jornada. Confira:

4 erros cometidos pelos empreendedores no primeiro ano de empresa

Não ter um Plano de Negócios

O Plano de Negócios é o ponto chave para você ter certeza se realmente vale a pena seguir em frente e abrir o seu próprio negócio. Para elaborar este documento, é preciso colocar no papel quais os objetivos centrais do seu negócio e quais passos devem ser dados para alcançá-los. Este processo permite que você identifique seus pontos fortes e fracos, além de obter informações detalhadas sobre os concorrentes, produtos, fornecedores e clientes.

Um plano de negócios bem elaborado faz com que sua ideia seja colocada em prática da melhor forma possível, aumentando as chances de que esse novo empreendimento traga bons frutos.

Não ter a capacitação necessária

Para empreender, é preciso dominar diversas áreas de atuação. Além da sua experiência profissional, você terá que entender sobre fornecedores, finanças, clientes, projetos, estratégias de marketing e divulgação. Por isso, o ideal é que, antes de se jogar nessa nova jornada, você busque por capacitações em outros setores que serão fundamentais para administrar o empreendimento.

Esquecer de fazer o planejamento financeiro

Empreender exige o investimento de um capital inicial que será utilizado para custear as despesas, pagar fornecedores e ativar produção. A princípio, a tendência é que os gastos sejam maiores que os lucros e, por isso, é necessário que você tenha o suficiente para começar e para lidar com emergências.

Não se preocupar com marketing e divulgação

Um dos itens que muitos empreendedores esquecem consiste em elaborar uma estratégia de marketing, divulgação e comunicação da empresa. Porém, essas ações precisam ser sempre ser adotadas e pensadas cuidadosamente, independentemente do tipo de segmento e negócio.

Mesmo que você não tenha muito dinheiro para investir, existem muitas ferramentas de marketing com opções gratuitas e muito bacanas para divulgar sua empresa. Sem a divulgação necessária, você pode perder clientes potenciais e a chance de fazer a sua empresa crescer e ser conhecida dentro do mercado.

Matérias Relacionadas