Home > Empreendedorismo > São Paulo abriga primeiro coworking voltado para profissionais de beleza

São Paulo abriga primeiro coworking voltado para profissionais de beleza

Situado no Edifício Itália, espaço recebe maquiadores, barbeiros, cabeleireiros e outros profissionais do setor

© Depositphotos.com / suslik83 Profissionais podem levar seus materiais de trabalho ou alugar no local.

É cada vez maior o número de profissionais que optam por alugar salas em um coworking em vez de casas ou andares inteiros em prédios de destaque na cidade. Além do valor mais atrativo, esses espaços aumentam a comunicação entre pessoas de diferentes áreas e dão aquele empurrãozinho para quem deseja empreender.

E com o número de coworkings aumentando pelas cidades brasileiras, começam a surgir serviços diferenciados nesse nicho. E o mais recente é o HLS, o primeiro coworking exclusivo para profissionais do ramo de beleza. O arquiteto Xico Ekman e a designer Mari Botelho integram o grupo de sócios à frente do projeto.

Situado no complexo do Edifício Itália, o espaço utiliza dois andares sobre uma loja da grife AMP, na Avenida São Luis, em São Paulo, e oferece oito estações completas de trabalho a preço fixo e acessível, por hora ou período maior.

O processo para usar o coworking é bem simples. Basta agendar a hora e avisar o cliente. O profissional pode livremente utilizar a estrutura do coworking – como lavatórios, sala de química e área de instant beauty – e também levar seus próprios instrumentos, como tesouras e secador, ou ainda alugar ou comprar itens disponíveis no local.

Profissionais do ramo garantem 100% do lucro

Xico Ekman fala dos benefícios do projeto pioneiro. “Nosso espaço incentiva o empreendedorismo, o relacionamento, a troca de ideias e a liberdade criativa dos profissionais, que não são obrigados a dividir seus lucros – como acontece nos salões tradicionais”, diz.

O arquiteto aproveita para ressaltar que a maior parte dos profissionais independentes acaba deixando de 50% a 65% do que recebe da cliente na mão do salão. Situação confirmada pelo cabeleireiro Slad Wild, que vem utilizando o espaço desde o final de 2016, quando o coworking entrou em fase de testes.

“A questão do dinheiro pesa bastante a favor do HLS”, comemora. “O valor que cobro é o valor que recebo. Em salões comuns, cheguei a receber apenas 35% do preço do corte”, diz Slad. “Outro ponto igualmente importante é a liberdade de criação e de usar os produtos que gosto, aqueles que funcionam melhor com cada cliente, sem ficar amarrado a marcas que os salões costumam impor”, completa.

Serviço
HLS Coworking de Beleza
Endereço: Avenida São Luis 72 – Edifício Itália – São Paulo
Fone: (11) 3237-0304

Matérias Relacionadas