Home > Gestão de Pessoas > Candidatos apontam suas principais frustrações nos processos seletivos

Candidatos apontam suas principais frustrações nos processos seletivos

iStock / Getty Images Plus / KatarzynaBialasiewicz Uma das principais frustrações dos candidatos que participam de processos seletivos é a falta de retorno por parte dos recrutadores.

Procurar emprego é uma tarefa muito desgastante e frustrante, em que o profissional tem que ouvir muitos “nãos” e acaba vivenciando sentimentos que estão sempre oscilando entre a expectativa e o desapontamento. Trata-se de um período que pode ser muito turbulento, e o indivíduo pode ser acometido por muitas dúvidas a respeito de seu futuro e até mesmo de suas habilidades profissionais.

De acordo com pesquisa global realizada pela empresa de recrutamento Robert Half, uma das principais frustrações dos candidatos que participam de processos seletivos diz respeito à falta de retorno por parte dos recrutadores. Para chegar a este dado, foram entrevistados 9 mil profissionais de 11 diferentes países, incluindo o Brasil.

Processos seletivos: principais frustrações dos profissionais brasileiros

Considerando apenas a amostra brasileira, que contou com a opinião de mil pessoas, 58% dos profissionais apontaram que a lentidão no retorno sobre o resultado do processo seletivo é a atitude mais irritante dos recrutadores. Este fator também aparece em primeiro lugar na lista geral, sendo citado por 46% dos profissionais entrevistados em âmbito global.

Confira abaixo as principais frustações apontadas pelos brasileiros:

Retorno lento para informar o resultado do processo seletivo (apontado por 58,1% dos entrevistados);

  • Fazer diversas entrevistas com o mesmo empregador (48,6%);
  • Falta de comunicação a respeito das etapas necessárias no processo (48,2%);
  • Falta de transparência sobre benefícios e recompensas (41,7%);
  • Demora na decisão (30,2%);
  • Alteração nas exigências do cargo (29,1%);
  • Dificuldade para marcar entrevistas (25,2%);
  • Decepção com os termos de contrato (18,9%).

Outros dados sobre processos seletivos no Brasil

Os dados levantados apontaram, ainda, que os profissionais brasileiros chegam a se candidatar a aproximadamente 10 oportunidades ao mesmo tempo, alguns até mais do que isso. Como consequência dessa atitude, 99,5% dos entrevistados apontaram que já receberam mais de uma oferta ao mesmo tempo.

O estudo ainda aponta que a maioria dos candidatos brasileiros (52,1%) não recomendaria uma empresa com falhas no processo seletivo como possível empregadora, e 43,1% demonstram disposição em cancelar sua candidatura caso não recebam retorno em tempo considerado hábil.

Matérias Relacionadas