Home > Gestão de Pessoas > Entenda o conceito de ética corporativa e profissional

Entenda o conceito de ética corporativa e profissional

Conjunto de práticas e valores que dizem respeito à interação com as outras pessoas é fundamental para evitar atitudes moralmente condenáveis nos ambientes de trabalho

Foto: © Depositphotos.com /andresr

A ética, em uma definição simples, é o campo da filosofia que trata dos preceitos relacionados aos valores morais e à conduta humana em todas as suas interações. A ética profissional está, portanto, diretamente ligada à forma como nos comportamos em nosso ambiente de trabalho e aos princípios e valores que conduzem as nossas ações profissionais.

A forte competitividade, os altos níveis de pressão e o estresse podem fazer com que o clima organizacional de uma empresa se transforme em um verdadeiro celeiro de atitudes pouco éticas. Isso significa, basicamente, a multiplicação de atitudes destrutivas e moralmente questionáveis. Criar situações para prejudicar um colega com o objetivo de ocupar o seu cargo ou, ainda, obter os créditos pelo trabalho que fora realizado por outra pessoa são exemplos de falta de ética profissional. Moralmente condenáveis, essas atitudes deixam de lado princípios básicos para o convívio e o trabalho em conjunto, como confiança, cooperação e humildade.

A ética corporativa está, portanto, diretamente ligada ao modo como o profissional interage com os outros – sejam estes subordinados, superiores ou colegas de mesmo nível. Da mesma forma como acontece em outros setores da vida, é da qualidade dessas interações que surgirão relacionamentos saudáveis e produtivos a longo prazo. Atuar de forma pouco ética pode até gerar ganhos imediatos, mas certamente trará consequências desagradáveis com o passar do tempo, promovendo a falta de confiança de parceiros e empregadores.

Muitas são as organizações que têm a ética dentre seus valores centrais e criam mecanismos internos para evitar que colaboradores desvirtuem os seus princípios. Alguns exemplos de atitudes a serem cultivadas em relações éticas em ambientes corporativos são a honestidade, a capacidade de guardar sigilo quando solicitado, a competência, o comedimento, a humildade e a equanimidade (capacidade de tratar com igual respeito e gentileza a todos, independente do cargo que ocupem).

Foto: © Depositphotos.com / photography33

A maioria das práticas que fazem parte da ética corporativa pode, ainda, ser associada à maneira como o profissional se posiciona frente ao mundo e às pessoas em sua vida pessoal. Isso significa que é muito mais fácil agir eticamente no trabalho quando os valores citados acima também fazem parte da rotina pessoal. De qualquer maneira, ambientes de trabalho éticos tendem a auxiliar no aprendizado, trazendo novas possibilidades comportamentais.

Matérias Relacionadas