Home > Gestão de Pessoas > Principais vantagens da avaliação participativa por objetivos

Principais vantagens da avaliação participativa por objetivos

golloween / iStock / Getty Images Plus A avaliação participativa por objetivo tem como intuito promover um relacionamento mais participativo entre colaboradores e gestores.

Otimizar o desempenho do sistema de administração da empresa é um dos principais objetivos do setor de Recursos Humanos. Mesmo que já exista uma colaboração significativa entre empregador e funcionário, o ideal é a de que esse vínculo se torne ainda mais vivo e de forma mais intensa. É aí que entra a Avaliação Participativa de Objetivos, também conhecido como APPO.

A ferramenta, redesenhada e reestruturada a partir do antigo conceito da Administração por Objetivos (APO), possui uma formulação com técnicas inovadoras e que refletem mais diretamente na realidade que a organização vive. Ao contrário da APO, a APPO é mais didática e democrática, sem provocar uma tensão no funcionário ou promover uma sintonia de autocracia e autoritarismo dentro da empresa.

O que é um APPO?

A Avaliação Participativa de Objetivos é um recurso capaz de promover um relacionamento mais significativo entre os funcionários e gestores com ênfase na participação de todos os indivíduos. Diferente do modelo APO, esse novo tipo de avaliação é mais democrático e não apresenta restrições para que todos os colaboradores possam contribuir para um bom sistema administrativo da organização.

A princípio, o APPO apresenta uma característica menos centralizada e inflexível. Isso porque a Avaliação Participativa de Objetivos se encarrega em motivar todos os colaboradores de qualquer esfera de trabalho e a estimular negociações de recursos para um determinado fim.

Passos de um APPO

Esse modelo moderno de avaliação deve ser feito em seis etapas. Cada empresa pode aperfeiçoar essa rotina à sua maneira, mas essas seis etapas são fundamentais no processo:

  • Determinação de objetivos consensuais;
  • Comprometimento de todos os colaboradores para atingir os objetivos traçados;
  • Negociação direta com gestores sobre a moderação dos recursos e estratégias necessários para alcançar os objetivos, sejam materiais, equipamentos, treinamento de pessoal;
  • Escolha a ação de desempenho;
  • Monitoria e mensuração de resultados parciais em comparação com os objetivos traçados;
  • Retroação contínua (saber realizar autoavaliação e intervir com ações caso o trabalho não esteja dando certo).

Benefícios da Avaliação Participativa por Objetivos

Uma das principais vantagens da Avaliação Participativa de Objetivos é sua capacidade de permitir que o Recursos Humanos adote diversas modalidades de trabalhos colaborativos para aperfeiçoar o trabalho de gestores e funcionários e gerar aproximação de realidades. Como este é um método mais nítido, é possível se notar com mais clareza o que está correto e o que está errado dentro da empresa.

O maior benefício, porém, é sentido pelo funcionário — que se sente mais valorizado e aprende a fazer uma autoavaliação e manter sua automotivação para atingir um objetivo como um todo. Isso gera confiança, autodomínio e capacidade de notar e desenvolver habilidades específicas que poderão influenciar positivamente seu trabalho no futuro.

O APPO, embora ainda esteja sendo acolhido timidamente por algumas empresas, possui muito mais a oferecer do que exigir de uma empresa. Sua implantação reflete não só nos resultados atuais, mas também os futuros.

Matérias Relacionadas