Home > Guia de Carreiras > Foco na Carreira: aprenda como elaborar uma trilha de aprendizagem

Foco na Carreira: aprenda como elaborar uma trilha de aprendizagem

ALLVISIONN / iStock / Getty Images Plus A trilha de aprendizagem serve para ajudar a traçar o desenvolvimento do profissional dentro da empresa.

As inovações tecnológicas e a concorrência transformaram o consumidor e o tornaram muito mais exigente a respeito qualidade do produto que é oferecido, bem como o preço cobrado e o atendimento prestado. Com isso, as empresas se depararam com a necessidade de mudar sua forma de organização, reinventado seus processos e saindo de qualquer comodidade para conseguir uma boa posição no mercado.

O mesmo acontece com os profissionais, que precisam estar em constante processo de renovação e especialização, de modo a estarem sempre preparados para os desafios do mercado. Como as novas competências precisam ser aprimoradas, é preciso seguir conceitos já testados no mercado e que demonstraram sucesso e eficiência em seu desenvolvimento, como o caso da trilha de aprendizagem.

O que são as trilhas de aprendizagem?

A trilha de aprendizagem é uma sequência de atividades complementares que traçam o desenvolvimento do profissional dentro da empresa. Elas podem ser divididas em módulos e outras atividades adicionais que podem potencializar e condicionar o conhecimento adquirido.

Empresas que têm noção do quanto é fundamental que seus colaboradores estejam sempre acompanhando as inovações do mercado, já estão de olho nas mudanças e trabalham de modo a incentivar os profissionais a se capacitarem para melhor exercer sua atividade. O tempo e o custo investido em aprendizado retornam por meio de um funcionário muito mais hábil, confiante e eficiente em sua função.

Um profissional habilitado consegue realizar suas tarefas com mais destreza, qualidade e agilidade. E, para isso, é preciso treinar e adquirir conhecimento para aprimorar o que já possui, além de ampliar suas habilidades para obter melhores resultados na função exercida. Ele também proporciona capacidade de pensamento estratégico para detectar os melhores caminhos para se construir um projeto de sucesso.

Nas trilhas de aprendizagem, há uma orientação voltada para a escolha do melhor caminho a ser seguido, com autonomia para que o funcionário opte pela forma que mais tem facilidade em desenvolver. Os conteúdos podem estar disponíveis em diversas mídias, trazendo fontes de aprendizado diferentes e complementares. Cursos, eventos, reuniões, programas, palestras, conteúdos digitais ou físicos como vídeos e livros são as mais comuns fontes de conhecimento.

Como utilizar as trilhas de aprendizagem?

O princípio básico da trilha de aprendizagem é que seu caminho é flexível e pode se moldar ao nível de conhecimento, tempo e necessidade de quem a utilizará. Ela engloba uma cadeia de conhecimentos complementares e de diferentes níveis, que vão crescendo conforme ela vai se constituindo.

As trilhas podem ser disponibilizadas como profissionais, pessoais e livres. Nas profissionais, há uma capacitação que envolve diretamente a função exercida na empresa. As trilhas pessoais, por sua vez, permitem exercitar as habilidades do conhecimento que podem ajudar a construir e impulsionar sua carreira. As trilhas livres não possuem mapas lineares, e o aluno escolhe o que deseja aprender, podendo inclusive misturando áreas de conhecimento.

Além de obter um colaborador mais habilitado e com amplo conhecimento técnico sobre sua função, a empresa que investe em conhecimento consegue mantê-lo motivado e seguro a respeito de seu desempenho. Com isso, ela ganha um profissional mais interessado em crescer e utilizar o máximo de seu conhecimento adquirido em favor do seu ofício.

Matérias Relacionadas