Home > Guia de Carreiras > “Quero mudar de vida profissional”: quais fatores devo levar em consideração?

"Quero mudar de vida profissional": quais fatores devo levar em consideração?

francescoch / iStock / Getty Images Plus Para mudar de vida profissional é preciso pensar com calma para não tomar decisões de forma impulsiva.

Ao escolher uma carreira, é comum que o indivíduo tenha muitas dúvidas e inseguranças a respeito do melhor caminho a seguir. Este tipo de incerteza geralmente acomete jovens que estão em época de vestibular ou até mesmo ao longo da jornada profissional, à medida em que as oportunidades profissionais vão surgindo.

É muito comum, portanto, que em algum momento da carreira surja a ideia de que é chegada a hora de mudar de vida profissional. Este tipo de pensamento geralmente acontece quando o indivíduo não encontra mais prazer em seu cotidiano de trabalho, não sente mais ambição ou percebe que está fazendo algo que é completamente diferente de sua natureza pessoal. Qual a melhor atitude a ser tomada quando surge esse desejo de recomeçar a vida profissional?

O que levar em conta para mudar de vida profissional?

O cuidado que deve ser tomado por quem deseja mudar de vida profissional é não agir de forma impulsiva. Por mais difícil que seja continuar em um trabalho que já não traz satisfação, uma mudança importante como essa deve ser avaliada com o máximo de atenção e racionalidade.

É preciso verificar, por exemplo, se o problema não está somente na empresa — e não em toda a carreira. Outro aspecto que deve ser levado em conta é se a insatisfação não está sendo causado apenas por cansaço, o que pode ser solucionado com um merecido período de férias e uma renovação de suas próprias ambições.

Se, mesmo fazendo tudo isso você continua almejando outra carreira, provavelmente é mesmo hora de estudar um novo caminho profissional a ser seguido. Você já sabe qual outra carreira deseja encarar? Em caso positivo, é preciso avaliar se esta é uma mudança realmente viável: pesquise a respeito do dia a dia da profissão, converse com pessoas que atuam na área e entenda o que é preciso para conseguir fazer essa transição.

Tenha em mente que algumas carreiras exigirão o retorno aos bancos da universidade ou, pelo menos, a realização de cursos técnicos profissionalizantes. Por isso, dedique seu tempo livre para aprender, estudar e se aprofundar ao máximo nesta nova empreitada, de modo a estar devidamente preparado para a mudança. Não se esqueça de avaliar também as condições reais da nova área, especialmente no que diz respeito a salário e oportunidades.

Além disso, é necessário considerar que começar outra carreira do zero pode exigir que você tenha que conviver com um padrão de vida diferente, principalmente já apresenta os sinais de que é bem-sucedido. Por este motivo, é recomendado que o trabalhador insatisfeito tente aguentar por mais um tempo, pelo menos até conseguir fazer uma boa reserva financeira para enfrentar este recomeço.

Matérias Relacionadas