Home > Marketing > 53% dos profissionais americanos não praticam networking

53% dos profissionais americanos não praticam networking

Mesmo reconhecendo que o networking pode ajudar na conquista de um emprego melhor ou de novos negócios, mais da metade dos norte-americanos não mantêm uma rede de contatos

iStockphoto.com / kabliczech Apesar disso, mesmo 89% dos entrevistados acham que o networking é uma boa estratégia de negócios.

Aqui no Brasil, dependendo da área de atuação, é fundamental ter uma boa rede de networking para conquistar novas oportunidades de emprego ou fechar grandes negócios. Frequentar eventos com outros profissionais da área, ou mesmo marcar um bate-papo depois do expediente com colegas de outras empresas, são algumas atitudes que ajudam na construção e manutenção de contatos profissionais que podem trazer frutos no futuro.

Em contrapartida ao Brasil, nos EUA pouco mais da metade dos profissionais não pratica o networking, mesmo este tipo de escolha influenciando na perda de boas oportunidades de trabalho. Esta percepção foi comprovada por um estudo realizado pela Universidade de Phoenix com mais de dois mil profissionais da terra do Tio Sam. Segundo o levantamento, 53% dos entrevistados não praticam networking ou fazem pouco para manter uma rede de contatos, mesmo com 89% acreditando que esta é uma boa estratégia.

Na opinião dos profissionais norte-americanos, a falta de oportunidade e a insegurança são os dois principais motivos que impedem o avanço do networking, somando 27% e 25% respectivamente. O reflexo deste comportamento é perceptível pelos próprios entrevistados, isso porque 27% afirmaram que não se dedicam o necessário e que já perderam grandes oportunidades por não ter um bom networking.

Networking e seus resultados

A mesma pesquisa realizada pela Universidade de Phoenix também traz outros números interessantes sobre os benefícios do networking no mercado de trabalho. Levantamento apontou que 32% dos entrevistados que se esforçaram para ter uma rede de contatos já receberam ofertas de emprego através do networking e que 23% tiveram apoio de esferas superiores da própria empresa. A conquista de novos clientes e aumentos salariais (promoções) também são fatores apontados como reflexos do networking.

Metade dos entrevistados que realizam networking também afirmou que as redes sociais são as principais ferramentas para tal, assim como o próprio local de trabalho, eventos e ainda happy hours.

Matérias Relacionadas