Home > Opinião > Dicas de como controlar suas emoções no ambiente de trabalho

Dicas de como controlar suas emoções no ambiente de trabalho

© Depositphotos.com / IgorTishenko Todo ser humano guarda dentro de si sentimentos bons e ruins. O segredo é saber como controlá-los adequadamente.

É um grande equívoco pensar que uma pessoa que possui Inteligência Emocional não demostra emoções negativas. Os seres humanos não vivem apenas de alegria e amor. O desenvolvimento das competências emocionais propõe o gerenciamento adequado de todas as emoções do indivíduo, incluindo as ruins. Cada vez mais os profissionais de RH estão de olho nessa capacidade. Mas como desenvolver as minhas habilidades emocionais e saber a melhor maneira de controlar as reações negativas?

Um nível maior de Inteligência Emocional só é obtido através de treino, assim como qualquer outra competência. Investir nas habilidades comportamentais é um grande diferencial quando se trata da carreira de um profissional e é crucial para o sucesso. Hoje, saber lidar e controlar as próprias emoções no ambiente de trabalho é considerado uma habilidade decisiva para se manter empregado ou se recolocar no mercado.

Desenvolver capacidades com a empatia, resiliência, autocontrole e tolerância só é possível quando identificamos nossas emoções e gatilhos de comportamento. Dessa forma, o profissional cria ferramentas para controlar e entender como as próprias emoções impactam sua carreira e o relacionamento com chefes, colegas e clientes.
Você quer aprender a gerenciar impulsos explosivos, inseguranças e resistências em relação a opiniões diferentes da sua? Confira essas três dicas a seguir:

Identifique como se sente

Quando estiver diante de um desafio profissional ou um conflito no trabalho, capture a emoção que isso lhe causa e tente denominá-la. Pergunte-se: estou ansioso? Sentindo medo ou remorso? Ou será euforia, raiva, decepção? Após esse exercício simples, observe quais atitudes essas diferentes reações internas costumam desencadear em você. Assim será possível identificar os seus padrões de comportamento e conseguir adaptá-los da melhor maneira durante a sua rotina profissional e evitar que você se torne escravo de padrões prejudiciais.

Autoconhecimento: a chave para o sucesso

Reconhecer suas limitações e potenciais, assim como sua atitude e comportamentos, o torna um profissional mais autêntico e seguro. O autocontrole anda de mãos dadas com a autopercepção. É preciso ter consciência das próprias características e entender quais são suas principais dificuldades e trunfos. Essa ação é fundamental para estabelecer relações saudáveis e também conquistar a confiança de superiores e colegas.

Não fuja das próprias emoções

Entenda que ser mentalmente forte e ter autocontrole, não significa ser 100% racional. Para ter uma carreira de sucesso e desenvolver suas competências de maneira saudável dentro de uma organização, é preciso saber canalizar suas emoções da melhor maneira possível. As emoções funcionam como um sinalizador interno e alertam os indivíduos sobre suas próprias necessidades. A raiva, por exemplo, quando bem canalizada, pode fazer com que um profissional mude os rumos da sua trajetória na empresa e emergir a energia necessária para que ele saia da sua zona de conforto. Encare todas as suas emoções e aprenda a direcioná-las através do desenvolvimento da Inteligência Emocional.

E-book gratuito tudo sobre coaching

Matérias Relacionadas