Home > Orientação Profissional > Entenda como o trabalho voluntário pode beneficiar sua carreira profissional

Entenda como o trabalho voluntário pode beneficiar sua carreira profissional

iStock / Getty Images Plus / coffeekai Além de contribuir para a construção de uma sociedade melhor, o trabalho voluntário valoriza o currículo profissional e ajuda no desenvolvimento de novas habilidades.

O Dia Internacional do Voluntário é celebrado anualmente em 5 de dezembro, uma data criada pela Organização das Nações Unidas (ONU) com o intuito de promover práticas de voluntariado em todas as esferas da sociedade e fazer as pessoas refletirem a respeito de suas ações. Instituído em 1985, este é um dia em que os indivíduos são convidados a despertar seu espírito de solidariedade e construir uma sociedade melhor sem receber nenhum tipo de remuneração em troca.

Muito além de uma ação que contribui para o desenvolvimento da sociedade, o trabalho voluntário tem se tornado cada vez mais valorizado no currículo de quem se candidata a uma vaga de emprego. Isso porque o voluntariado mostra que o candidato investe parte de seu tempo em outras pessoas, tem capacidade de pensar no coletivo, consegue lidar com realidades diferentes e sabe se relacionar com os outros.

Além disso, o fato do indivíduo ser capaz de identificar um problema em sua comunidade e ir atrás de uma possível solução é uma amostra perfeita da tão falada proatividade, mostrando o potencial de o candidato ter iniciativa no trabalho e assumir o papel de líder na equipe. Para quem não está procurando emprego no momento, mas deseja desenvolver novas habilidades e adquirir experiências diferenciadas, o trabalho voluntário também é uma excelente opção.

5 vantagens que o trabalho voluntário pode trazer para a carreira

Maior visão de mundo

Este tipo de trabalho coloca o voluntário em contato com uma realidade diferente da qual ele está acostumado, levando-o a entender as dificuldades por qual as outras pessoas passam. Dessa forma, o voluntário é forçado a tirar o foco de seu próprio mundo, passando até a enxergar seus próprios problemas como menores em comparação aos mais necessitados.

Senso de comprometimento

Ser voluntário significa assumir um compromisso com pessoas e ações específicas que, muitas vezes, dependem diretamente deste tipo de solidariedade para sobreviver. Entender essa relação e se propor a realizar esta tarefa desperta um senso maior de comprometimento e dedicação.

Networking

Inevitavelmente, dedicar-se ao trabalho voluntário leva o indivíduo a conhecer e se relacionar com pessoas diferentes. Como consequência, esta ação traz diversas oportunidades de fazer um networking eficiente e compartilhar experiências junto de pessoas dedicadas e preocupadas com o bem-estar social.

Desenvolvimento de novas habilidades

Muitas vezes, um trabalho voluntário exige que o indivíduo faça tarefas que não fazem parte de sua profissão “original”. Como consequência, ele acaba desenvolvendo novas habilidades e conhecendo diferentes formas de trabalhar e solucionar problemas.

Sensibilidade e empatia

Entrar em contato direto com problemas sociais que não fazem parte de seu cotidiano faz com que o voluntário se torne mais sensível às dores do outro, desenvolvendo sua empatia, sua capacidade de escutar e de se colocar no lugar das pessoas.

Voluntariado: como incluir no currículo?

Embora beneficie a construção de uma carreira profissional e chame a atenção no currículo, o trabalho voluntário não deve ser realizado com nenhum tipo de interesse pessoal. Por isso, é importante que o voluntariado seja incluído no currículo de maneira sucinta e objetiva. Em outras palavras, você jamais deve fazer alarde ao fato de ser um voluntário, mas tentar mostrar como isso contribuiu para seu desenvolvimento pessoal e profissional.

Ao mencionar um serviço voluntário, portanto, inclua apenas os dados essenciais, que são: nome da instituição, período de atuação e as atividades realizadas.

Matérias Relacionadas