Home > Desenvolvimento Humano > Entenda a importância e como incentivar a criatividade e inovação nas empresas

Entenda a importância e como incentivar a criatividade e inovação nas empresas

iStock / Getty Images Plus / phototechno Investir em criatividade e inovação é fundamental para que as empresas sejam mais produtivas e se mantenham competitivas no mercado.

O mercado de trabalho e o mundo dos negócios, seja qual for o segmento ou área de atuação, estão em constante mudança, tornando-se cada dia mais competitivos, tecnológicos e ágeis. Como consequência desse movimento, é essencial que as empresas saibam como trabalhar de maneira flexível e inovadora, sempre de olho nas necessidades de seus clientes e na forma como a concorrência se reinventa.

Nesse contexto, é fundamental que gestores e colaboradores tenham criatividade para inovar em seus processos, encontrar métodos mais assertivos para seus fluxos de trabalho e oferecer soluções ousadas e atrativas a seus clientes. A rotina profissional, entretanto, pode levar muitas pessoas realizar suas tarefas de maneira automática e engessada — uma atitude potencialmente prejudicial à organização.

Cabe às empresas, portanto, a tarefa de adotar o incentivo à criatividade como estratégia organizacional, de modo a alcançar a inovação em seus processos, incrementar os resultados alcançados e não se tornar obsoleta no mercado. O principal desafio para conseguir isso geralmente está na cultura da própria organização, uma vez que até pouco tempo o que imperava era um modelo de trabalho padronizado e rígido, o que reflete diretamente na maneira como os colaboradores tendem a pensar.

Como incentivar a criatividade e inovação nas empresas?

Evidencie a necessidade de inovar

O primeiro passo é mostrar para os colaboradores que a criatividade é valorizada e que a busca por inovação será bem-vinda. O ideal é que os gestores falem abertamente sobre a importância de ser criativo no dia a dia, sem adotar um discurso formal para fazer isso e sem exigir ideias imediatas. A criatividade necessita de um ambiente colaborativo e agradável, e isso deve partir da organização.

Crie aberturas na comunicação

Para que os colaboradores realmente participem com ideias, é preciso que a empresa se mostre aberta a ouvi-las e considera-las. Se necessário, faça atividades de integração e brainstorming para estimular os profissionais e mostrar a eles que suas sugestões são importantes.

Dê espaço para feedbacks

Quem se arrisca a inovar está sujeito a errar, e isso faz parte do processo. Para evitar que os tropeços se tornem motivo de desânimo, o ideal é que a empresa sempre dê feedbacks a respeito das ações e deixe que os colaboradores também apontem suas impressões a respeito dos processos.

Implemente um “laboratório” criativo

Ninguém consegue se manter produtivo e concentrado ao longo das oito horas de trabalho, e é inclusive recomendado que os profissionais façam pausas para descansar a cabeça e alongar o corpo. Para que esses momentos de relaxamento se tornem um incentivo à criatividade, é interessante que os colaboradores tenham um espaço destinado justamente ao desenvolvimento de ideias diferentes. Uma sala de jogos, um jardim e até mesmo dinâmicas de descontração podem ser excelentes ferramentas para a inovação.

Promova a autoconfiança

Muitas pessoas deixam de expor suas ideias por medo de serem julgadas ou repreendidas. Por isso, o ideal é que as organizações combatam este receio por meio do diálogo e de ações que mostrem que toda ideia é bem-vinda, mesmo que ela não seja aceita. Mostre aos colaboradores que eles são importantes para a organização!

Estimule a troca de experiências e o trabalho em equipe

A troca de experiências e a comunicação entre os colaboradores permite que diferentes equipes se ajudem mutuamente para realizar determinada atividade ou solucionar uma questão. Portanto, sempre estimule o trabalho em equipe e a integração entre os profissionais.

Matérias Relacionadas